sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Infancia

Perdido na varanda de casa,sentado no meio fio.
Estou só esperando o tempo passar.
Os dias passam,as horas caminham,os minutos correm.(Como correm os minutos)
Cabeça perdida no velho mundo,boca fechada descontente com tudo.
Ainda sou aquele menino pequeno,sentado no meio do corredor esperando que tudo continue do jeito que está.
Fazendo magica,malabarismo com limões "Senhoras e senhores,meninos e meninas,vai começar o maior espetáculo da terra".
Extraterrestre, holofotes de luz,anos dourados que não vão mais voltar.
Boi da cara preta vem da escuridão te incomodar.
O macaco enganou a onça,o veado construiu a casa no lugar errado.
Talvez Jeová volte,talvez ele volte para te buscar.
Surra violenta?
Nem tanto...mas dói.

Nenhum comentário:

Postar um comentário